© 2008 - 2019 by Fã-Clube Oficial  Aline Wirley desde 12 de Outubro de 2008.

contato@fcalinewirley.com.br |Brasil | Todos direitos reservados !

Feito por Wanderlei Junior

Visitantes

Aline Wirley sobre parto do primeiro filho: 'Vou tentar humanizado'

July 19, 2014

Mulher do ator Igor Rickli adiou a retomada da carreira de cantora para se dedicar à gravidez de Antônio. Rafael Cardoso e a mulher serão padrinhos.

 

Aline Wirley abriu as portas de sua casa, em meio à Mata Atlântica, no Rio, para posar para o EGOe mostrou, toda orgulhosa, seu barrigão de grávida. A cantora, que ficou famosa como uma das integrantes do Rouge, grupo pop de sucesso da década passada com o hit "Ragatanga", é casada com o ator Igor Rickli e está com sete meses de gestação de Antônio, primeiro filho do casal. A previsão de nascimento é para o final de setembro ou início de outubro.

 

"Estou em um momento tranquilo. Senti enjoo nos primeiros meses e incômodo, mas sinto que fiquei mais tranquila e confiante com o passar do tempo. Estou gostando muito de ter ele aqui dentro! É muito louco, não tem como explicar. É maravilhoso e assustador ao mesmo tempo. Estou apaixonada pela gravidez. Me sinto mais bonita e plena", comemora.

 

Há quatro anos com Igor, Aline é só elogios ao marido, que está colocando a mão na massa para fazer os móveis do quartinho do herdeiro. Ele tem uma oficina de marcenaria em casa. "O Igor participa muito e me paparica ainda mais agora. Conversa sempre com o neném. Acho que ele vai ser um pai muito amoroso. Está mais ansioso do que eu! Vai em todos os exames e, quando chega a hora do ultrassom, sabe tudo, vai explicando antes do médico. Olho para ele e penso: 'Que bom que é você, que vamos viver essa história juntos'. É muito precioso poder contar com alguém que você ama nesse momento. Estamos felizes e plenos na relação. Quisemos muito isso", afirma.

 

Aline planeja com cuidado a chegada do bebê e diz que deseja ter o filho através de parto normal. No entanto, ela garante que o assunto não é um tabu nem uma preocupação. "Vamos tentar um parto humanizado, que pode ser feito na água, de cócoras... Chegamos até a estudar a possibilidade de ser aqui em casa, mas decidimos pela maternidade mesmo. É nosso primeiro filho, né? E achamos mais seguro. Vai ter banheira no quarto, mas eu vou decidir como vai ser só na hora. Quero uma luz baixa, tranquila. E estamos escolhendo uma trilha sonora. Estou me preparando para isso, fazendo ioga para ele nascer tranquilo e feliz. Mas é uma incógnita. Se não der, tudo bem também. Não dá para pensar 'Quero normal de qualquer forma' ou ficar frustrada porque não deu. A gente tem que entender o corpo e como o neném se comporta. O importante é curtir o momento", afirma.

 

Até este momento da gestação, Aline engordou dez quilos. E deseja chegar a, no máximo, 12. Apesar de estar se sentindo bonita grávida, ela confessa que estranhou as transformações do corpo no início: "Me olhei no espelho e pensei: 'Quem é essa bochechuda? (risos)".

A alimentação também ganhou uma atenção especial durante a gravidez. "Não deixei de comer nada, mas também sempre procurei me alimentar direito. Evito doces e como tudo integral. Só o que tive que fazer foi maneirar, porque gravidez dá uma fome! Às vezes acabo de almoçar e meia hora depois já estou querendo comer de novo! Não tive nenhum desejo absurdo como algumas mulheres têm, mas vejo algo na TV e fico morrendo de vontade. Sou uma grávida boazinha. Não dei trabalho para o Igor. Caminho na praia de vez em quando e faço ioga sempre - aula duas vezes por semana e todos os dias em casa", conta.

 

Rafael Cardoso com Mariana e Igor com Aline
(Foto: Instagram / Reprodução)

 

Os padrinhos de Antônio ainda não foram oficializados, mas Aline adianta que já estão escolhidos: o ator Rafael Cardoso e sua mulher, Mariana Bridi, que também estão "grávidos" e devem ter a filha, Aurora, praticamente ao mesmo tempo. "A gente está compartilhando tudo, vivendo o mesmo momento. Uma quer estar no parto da outra, mas como a previsão é de os nenéns nascerem com dois dias de diferença, nossa obstetra está rezando para eles não virem juntos. É muito bom ficar grávida com uma amiga. Quando vamos ao médico, é uma festa! O Antônio e a Aurora vão ser melhores amigos, ele vai tomar conta dela", acredita.

 

Por causa da gravidez, Aline adiou os planos de retomar sua carreira de cantora. Após anos trabalhando como atriz de musicais - ela fez parte do elenco dos grandes espetáculos "Hairspray", "Hair" e "Tim Maia: Vale Tudo" - ela desenvolveu um novo show em dezembro do ano passado. Mas desde que engravidou, em janeiro, optou por esperar para apresentá-lo ao público apenas em 2015 e se dedicar inteiramente à maternidade.

 

"Tenho o privilégio de poder dar esse tempo e viver realmente a minha gravidez. Tive que adiar os meus planos, mas não posso reclamar de nada na minha vida. Está tudo maravilhoso! O Antônio veio junto com o nascimento do meu show, em um momento de muita realização e maturidade. Mas agora só consigo pensar nele e é a ele que quero me dedicar. Acho que ter um filho vai me ensinar ainda mais. Não vou me cobrar para voltar ao projeto logo ou me dar prazos, mas tudo indica que em 2015 eu vá para a rua com esse trabalho. E o meu filho vai junto, para todos os lugares", planeja.

 

"Ritualística", o novo trabalho de Aline, é o seu primeiro depois de muito tempo e ela diz que finalmente encontrou o que buscava como cantora. A primeira apresentação do projeto aconteceu em sua casa, para uma plateia de amigos.

 


"Quando saí do Rouge, foi um 'boom' tão grande e eu era tão nova que demorei a ter certeza do que eu queria fazer. Aí resolvi estudar para descobrir que direção ia tomar e acabei indo para os musicais. Foi ótimo porque me trouxe outra noção de música, de palco. Me deu um tempo para respirar e pensar bem. O show que fizemos aqui em casa foi lindo. Tenho certeza de que finalmente me encontrei e estou no caminho certo. Ele foi feito para interagir com o público, que vibra junto. Tem pitadas de flamenco, de capoeira... E o som é muito brasileiro, sensorial", explica.

 

Apesar do amadurecimento pessoal e profissional, ela garante que só tem boas lembranças em relação à sua participação no Rouge. "Olho para a minha vida hoje e fico impressionada como ela mudou. Era do interior de São Paulo, de uma família de classe média baixa e trabalhei com muitas coisas, inclusive como empregada doméstica, por muito tempo, na esperança de realizar um sonho. Por isso tenho tanto carinho e respeito pelo Rouge. O grupo me abriu muitas portas. Se eu falasse que foi ruim para mim, seria muita hipocrisia. Me deu amigas para a vida toda e visibilidade. Quem poderia imaginar estar onde estou hoje? Sinto muito orgulho da minha história", declara.

 

 

Karin Hills, uma das ex-colegas da banda, aliás, é uma de suas melhores amigas até hoje e está sempre em sua casa: "Ela será uma das 'tiazonas' do Antônio. É uma amiga para a vida", garante Alline, que também mantém contato com as outras integrantes, inclusive Fantine, que está morando no exterior.

 

Fonte:http://ego.globo.com/gravidez/noticia/2014/07/ex-rouge-aline-wirley-sobre-parto-do-primeiro-filho-vou-tentar-humanizado.html

 

Please reload

Featured Posts

"Quero que Antonio cresça um homem consciente e empático”, diz Igor Rickli

December 7, 2019

1/10
Please reload

Recent Posts
Please reload

Search By Tags