© 2008 - 2019 by Fã-Clube Oficial  Aline Wirley desde 12 de Outubro de 2008.

contato@fcalinewirley.com.br |Brasil | Todos direitos reservados !

Feito por Wanderlei Junior

Visitantes

First Listen: EP “5” do Rouge aponta novos caminhos para a girlband

October 8, 2018

 

O Rouge está de EP novo: “5”, com cinco músicas nas vozes das cinco cantoras, chega às plataformas digitais na segunda (8/10) às 21h. É a primeira coleção de inéditas da girlband desde 2005 e, com sua formação completa, desde 2003. Isso mesmo: 15 anos. Um tempão se passou: o grupo soa mais maduro, tanto em letras quanto em melodias, mas mantém sua essência. Afinal, o encontro dessas vozes, selecionadas a dedo em uma bateria de audições no programa “Popstars” (2002), é mesmo algo ímpar na música pop brasileira. Os timbres das cinco juntas se fortalecem e, depois de tanto tempo, ficaram ainda melhores.

 

“Sólo Tu” é a primeira música do EP e a responsável por armar uma ponte entre o passado e o presente. O refrão, como o título, traz versos em espanhol (“este amor no necesita palabras…”), algo presente em toda a discografia do Rouge – desde “Ragatanga”. Aliás, há versos bilíngues: “Sólo tu sólo tu, com esse doce beijo de mel, sólo tu, sólo tu, mi futuro is in your hands, sólo tu, sólo tu, mas será que vai ser fiel?”. MI FUTURO IS IN YOUR HANDS, sabe? Esta canção, por outro lado, é bem diferente do pop enlatado que consagrou o grupo (sem demérito, inclusive, adoro). É uma canção solar, que te transporta para o fim de tarde em uma praia. É um pop aos moldes de Vitor Kley e Melim, sem virtuoses e agudos arquitetados para impressionar.

 

A segunda canção da tracklist é a sexy “Beijo na Boca” e traz participação de Vitão, jovem cantor e produtor da HeadMedia, a produtora que assina todas as faixas do EP. Tem elementos de funk, de uma maneira sofisticada. Os vocais da Karin Hils são os mais funkeados. Mas os fãs não precisam se assustar: é 100% Rouge. Você reconhece a sonoridade do grupo, ainda que em nova roupagem, com uma nova proposta. É uma faixa dançante, porém não de uma maneira óbvia. Não denota intenções comerciais a fim de abocanhar uma fatia do mercado pop funk – que já está saturado. Tem mais cara de lado B.

 

Em seguida, a conhecida “Dona da Minha Vida” salta aos ouvidos. Você entende porque ela foi escolhida como single: tem mesmo mais apelo. O clipe rendeu 7,7 milhões de visualizações em um mês – uma média que já supera “Bailando”, que está com 9,6 milhões de reproduções em oito meses. Ótimo número para quem ainda está tentando encontrar seu lugar no mercado fonográfico atual, digital, diverso e “democrático”. “Dona da Minha Vida” é a faixa política do EP.

 

A próxima faixa se chama “Sem Temer”, que não tem nada a ver com Michel Temer nem com política, antes que busquem pelo em ovo. É a música favorita de Lu Andrade. Trata-se de uma balada romântica, o som pop mais facilmente digerível. Os vocais da Lu e da Aline Wirley estão lindos demais. A letra é bastante melosa, com versos como “horas que eu não vejo nada / além do sorriso que você me lança / mesmo se essa história não levar em nada / vai ficar pra sempre na nossa lembrança”. Essa canção encontra-se entre as grandes baladas do Rouge, que sempre foi bom nisso. Eu particularmente adoro as sofrências delas.

 

Para encerrar o EP, há “Te Ligo Depois”, um contraponto ao eu-lírico da música anterior. Aqui, elas cantam “te ligo depois, se eu me lembrar”, assumindo uma postura mais desencanada e blasé. Aline tem versos falados. O som é bastante animado e descontraído. É a faixa menos orgânica, menos roots, e por isso a mais diferente. As vozes delas estão tratadas no refrão e em outros trechos, como os versos da Fantine Tho. Mas também tem notas extensas, que o público gosta. O interessante é que essa música não é curta, mas passa muito rápido. Ouvi várias vezes, sempre com a impressão de que, quando eu começava a assimilá-la, ela terminava.

 

O EP “5” do Rouge aponta novos caminhos e novas possibilidades para a girlband. É o primeiro material delas com um novo produtor (toda a discografia até então havia sido assinada por Rick Bonadio), o que já traz um novo frescor, sem vícios e macetes. O Rouge está se experimentando em público e isso é muito rico artisticamente – para as integrantes e para os fãs, que terão que se acostumar a não saber o que esperar do grupo. Estou ansioso para saber o feedback a esse trabalho. Quais serão as favoritas dos seguidores do Rouge? Eu aposto em “Sem Temer” e “Te Ligo Depois”.

 

 

Fonte: http://portalpopline.com.br/first-listen-ep-5-do-rouge-aponta-novos-caminhos-para-girlband/

Please reload

Featured Posts

"Quero que Antonio cresça um homem consciente e empático”, diz Igor Rickli

December 7, 2019

1/10
Please reload

Recent Posts
Please reload

Search By Tags