© 2008 - 2019 by Fã-Clube Oficial  Aline Wirley desde 12 de Outubro de 2008.

contato@fcalinewirley.com.br |Brasil | Todos direitos reservados !

Feito por Wanderlei Junior

Visitantes

Aline Wirley sobre representatividade: "Me potencializa"

February 26, 2019

A cantora, que faz parte do fenômeno pop Rouge - que anunciou pausa indefinida -, conversou exclusivamente com Vogue sobre carreira, moda, representatividade e o filho, Caramelo: "Passa o dia inteiro cantando"

 

 

Aline Wirley tem ressurgido no mundo artístico cada vez mais forte. Ela carrega no currículo musicais, espetáculos, uma legião de fãs graças ao grupo Rouge, e agora jurada. “Essencialmente sinto que ainda sou a mesma Aline cheia de sonhos”, disse em entrevista exclusiva a Vogue digital.

Antes da primeira pausa do fenômeno pop que foi o quinteto no início dos anos 2000, Aline gravou quatro álbuns. Depois de muita conversa, o Rouge se reuniu após 12 anos e voltou com tudo. Daí, um EP e um disco completo foram lançados, até que um novo hiato fosse anunciado.

“Acho que nenhuma de nós 5 poderíamos imaginar que o Rouge voltaria com tanta força. Inicialmente era pra ser um show, e acabou que percebemos que seria importante comemorar, com os nossos fãs, 15 anos dessa história. E assim aconteceu. Durante 1 ano fizemos turnê pelo país inteiro, gravamos um disco...”

 

Para Wirley, que atualmente está com 37 anos e é mãe de um menino, de seu relacionamento com o ator Igor Rickli, o grupo será sempre eternizado como “uma das coisas mais incríveis” que aconteceu em sua vida.

Algumas das novas músicas, inclusive, refletem o amadurecimento das meninas. “Estamos mais conscientes e atentas. E, sem dúvida, isso se reflete em nossas músicas. “Dona da minha vida”, é sim uma música de posicionamento, e de empoderamento”, explicou.

Aline revela ainda que se sente mais confiante agora. “A experiência na vida diária transforma muito a gente. Acho que o mais mudou em mim foi a relação comigo. Hoje me olho com mais amor, mais cuidado, sou sincera, mais honesta comigo mesma”.

Essa autoconfiança tem ajudado a cantora como uma plataforma de representatividade e, claro, de trocas de aprendizado. Mulher, negra e de presença forte, Aline sabe de sua importância para essa luta. “Como mulher negra, saber que eu posso ajudar alguém num processo de autoaceitação me potencializa ainda mais para que eu continue também no meu processo! Todos nós temos infinitas questões internas, e acredito eu que aprendemos muito uns com os outros , e na medida que eu inspiro, também sou inspirada”, afirmou.
 

Isso tudo também reflete na moda. Aline é dona de um estilo único e não tem medo de ousar. Segundo ela, a moda também é sinônimo de liberdade. “A moda pra mim complementa tudo o que sou, eu adoro moda...eu entendo que o objetivo da moda é libertar, assim como a arte, como a música! Estar na moda é se sentir plena, bonita, estar à vontade com seu corpo.”

“Gosto de ousar, experimentar, de me ver de maneiras diferentes, gosto de possibilidades novas. Hoje eu trabalho com o Gabriel Fernandes que é um stylist incrível, e juntos o nosso trabalho é buscar aquilo que realmente me representa”, completou.

Com a pausa do grupo, Aline inverte o jogo e, assim como começou sua carreira, volta a um reality musical – só que desta vez para fazer o contrário: julgar. “Estar do outro lado nesse momento é algo que exige seriedade, principalmente porque diz respeito à vida, e aos sonhos de cada participante”, disse a jurada do The Four Brasil.

Ela, inclusive, entende que essas chances são difíceis e que é preciso, como calouro, estar atento às dicas dos jurados e não deixar que o medo tome conta. “Preciso ser verdadeira. Nesses momentos, muitas vezes o medo ou a comparação pode te tirar do seu eixo. Sentir medo é normal, mas deixar que ele te atrapalhe pode ser fatal numa competição como essa”, ponderou.

Para aqueles que querem tentar uma carreira musical, Aline aconselha perseverança e muito esforço. “Tenho orgulho de dizer que a minha vida foi toda construída em cima da música. Foi fácil? Não. Muitos nãos, incertezas, inseguranças, tentativas frustradas, mas, no fundo, de alguma maneira, sempre me senti no caminho certo, e a música sempre me fez muito feliz. Manter o foco, a determinação, perseverança, aproveitar as oportunidades e, principalmente, ser coerente com a verdade do seu coração podem de alguma maneira fazer com que você alcance seus objetivos.”

Dentro de casa, Antonio, mais conhecido pelos internautas carinhosamente como Caramelo, também pode seguir os passos da mãe. “É uma criança muito feliz e musical, também. Passa o dia inteiro cantando. Acho que o principal é que ele entende e sente que, mais do que ser uma popstar, faço o que amo.

 

Fonte: https://vogue.globo.com/moda/gente/noticia/2019/02/aline-wirley-sobre-representatividade-me-potencializa.html

 

Please reload

Featured Posts

Game Show Dia Dos Namorados 2019!

June 13, 2019

1/10
Please reload

Recent Posts
Please reload

Search By Tags